19 de nov de 2007

Crucificação contemporânea de Cristo!


E disse Jesus: Eu sou o caminho, a verdade e a vida; E ninguém vai ao pai se não por mim.

Refletindo sobre os desentendimentos entre Jesus e o judaísmo, sinto o nosso presente traçando um paralelo com o passado através da crucificação contemporânea de Cristo!

Da mesma forma em que a conjuntura religiosa de 2000 anos atrás procurou “assassinar” Jesus, o preceito religioso atual distorce e assassina Seus ensinamentos.

Se Cristo é o CAMINHO e as instituições têm feito os perdidos mais logrados ainda, porque pior que a ciência de estar confuso é estar enganado a respeito de uma “certeza”, estão escurecendo, sendo tropeço e morte para os sedentos não encontrem a diretriz espiritual.

Se Cristo é a VERDADE, somente Ele, por que essa bandoleira religiosa insiste em afiançar que diluindo três gotas de verdade em uma imensidão de mentiras torna suas aberrações em Evangelho? Por isso estão crucificando Cristo no sentido de desvirtuar o que Ele realmente é, a VERDADE!

Se Cristo é a VIDA, e se da vida não provem morte, o sistema que gera morte logo se mostra morto (sem falar nas guerras santas), o que me faz pensar, porque não somos idiotas “seu bispo”, que as religiões estão mortas! Fudidas, melhor dizendo!!!
O Cristo que conheci no submundo do cristianismo, o mesmo que encontrei nas latas de lixo dos santuários, por fim, destruiu o templo e o reergueu ao terceiro dia, o fez para que eu tivesse vida! Uma vida que procura o bem e as boas coisas pra esse mundo e o do porvir, ao invés de me lembrar do que não posso fazer, do que é errado e etc... Todo esse stress religioso, uma caça ao mal, só nos afasta do bem!
Quando o conceito de Vida é desfigurado, estão matando Cristo, pois Cristo é VIDA!

Há um abismo muito grande entre a igreja dos templos luxuosos e a Igreja de Cristo, entre a simplicidade e a jactância... Caminho e confusão; Verdade e mentira; Vida e morte!

Retirado do blog Fadário de Daniel e Kamyla Babugem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fico muuuuuuuito feliz com a iniciativa de deixar seu comentário. Aqui você pode exercer sua livre expressão e opinião: criticar, discordar, concordar, elogiar, sugerir... pode até xingar, mas, por favor, se chegar a esse ponto só aceito ofensas contra mim (Thiago Mendanha) e mais ninguém, ok? rs