8 de nov de 2007

Um site cristão pornô?

Uau! Forte?! Esta é uma imagem postada no fotolog do sexxxchurch.com! Sim! Um site cristão pornô! Esbanja criatividade, tato, sensibilidade e impacto! É um trabalho digno de ser divulgado e difundido! A igreja, há muito, não tem sabido tratar de SEXO de forma racional, urgente, acessível e impactante. Consequência do moralismo farisaico que impera, parece-nos que a igreja apenas desperta para o tema quando é surpreendida por um escândalo sexual.
Parece um assunto proibido, constrangedor e impenitente de ser tratado no meio cristão, de forma que não é dada a devida atenção para os problemas oriundos da banalização do SEXO! Cansei de me esquivar das acusações contra a "irmãzinha" que não bebe, não fuma, não corta o cabelo, não faz isso ou aquilo, "aleluias", e, de repente, aparece grávida, solteira e pega de surpresa! A adolescência de nossos dias, nos dá um grande vislumbre da urgência de medidas cabíveis quanto ao trato leviano com o SEXO! Infelizmente os de fora da igreja não olham para o próprio rabo, e, querendo ou não, nós é que pagamos língua, porque "somos santinhos, não nos misturamos, não bebemos, não jogamos, não fumamos", mas, também não fugimos da raia - acho que o amigo de que Gino e Geno falam na música deve ser "crente". Há pastores que roubam, mentem, enganam, fofocam, porfiam, etc, mas, enquanto não se tratar de um escândalo sexual, seu ministério não é questionado. Quanta farsa, quanta hipocrisia?! Há jovens morrendo com Aids, tendo interrompido seus sonhos, planos, carreira, estudos por causa de, como dizem por aí, "uma foda mal dada"! Falta de consciência, maturidade e responsabilidade. Já é hora de nós fazermos realmente a diferença! Somos cristãos, sim, e também possuimos sexualidade! Não somos seres assexuados! Tá na hora de assumir que temos um problema com isso! Precisamos não apenas bancar os santos do pau oco, mas, mantermos uma postura real de santidade. Fui precocemente exposto á pornografia quando criança. Dentro de casa mesmo, meu pai locava filmes pornográficos, e permitia que eu assistisse junto com ele. Para se justificar a minha mãe, dizia que era melhor aprender em casa do que na rua. Tinha menos de 10 anos de idade. Converti em minha adolescência e não foi fácil me desvencilhar do que aprendi em casa. Em meus melhores anos de "crente", minha maior luta era a masturbação, e o interesse por materias pornográficos. Na semana em que conseguia não me masturbar, no culto de domingo esbanjava "santidade", porém, quando cedia á concupiscência, me sentia o mais podre da igreja. É claro, que mentia, fingia, não pregava o Evangelho, não amava o próximo, etc, porém, nem ao menos notava que havia tantas outras áreas da minha vida a serem rendidas na Cruz. Afinal, a única ênfase condenatória que percebia na igreja era de que não devia beber(nunca bebi), fumar(tenho repulsa), e frequentar os cultos(era muito assíduo). Todos, pelo menos superficialmente se encaixavam nesse perfil, logo, meu termômetro espiritual era se me masturbava ou não. Como perdi tempo - precioso tempo - com Deus por não saber lidar com meu problema com a pornografia e meu apetite sexual. O sistema religioso não me permitia ser sincero com alguém, de forma a buscar auxílio em qualquer irmão. Sofri sozinho... Sem poder ser edificado, aconselhado, ajudado e entendido! Quantos jovens em sua igreja não passam por situação afim, ou até mesmo pior? Hoje quero dar o que recebi de Jesus, graça e liberdade! Então, porque não um site cristão pornô? Existem muitos jovens que não não tem a oportunidade ou a ajuda necessária na fé, de serem libertos do pecado sexual. A Igreja está cheia de pessoas mortas espiritualmente que lutam contra sua concupiscência e não encontram graça e perdão. Que dirá então dos perdidos? Então vamos tirar o atraso, e investir neste projeto do sexxxchurch.com

2 comentários:

  1. Thiago, parabéns pela indicação do post e pelo relato.
    Realmente, precisamos nos
    L I B E R T A R de tudo que nos oprime. Abraço!

    ResponderExcluir
  2. Vcs nao tem nada pra fazer do que ficar ai distorcendo a biblia

    ResponderExcluir

Fico muuuuuuuito feliz com a iniciativa de deixar seu comentário. Aqui você pode exercer sua livre expressão e opinião: criticar, discordar, concordar, elogiar, sugerir... pode até xingar, mas, por favor, se chegar a esse ponto só aceito ofensas contra mim (Thiago Mendanha) e mais ninguém, ok? rs