20 de nov de 2007

Unção do riso

Sei que a alegria é um requisito muito importante para o cristão. E, sei também que a alegria do Senhor é nossa força. Devemos ser gratos pelas misericórdias do Senhor que se renovam à cada manhã. Nossa alegria tem que ser fundamentada não no vinho, mas, no Espírito. Não nos prazeres efêmeros deste mundo. Não no poder, na riqueza ou no status quo. Nossa alegria tem de ser um estado perene de espírito inerente à esperança de novos céus e nova terra. Não um sentimento relapso ditado pelas circunstâncias do labor desta vida. Não estou dizendo que não podemos sentir-nos tristes, ou que, "crente não têm depressão". Nosso Mestre não poupou em momento algum expressar seus momentos tristes e depressivos neste mundo. Contudo, devemos ser pessoas alegres que ficam tristes. Não pessoas tristes que ficam alegres. Alegremo-nos no Senhor, pois ele nos resgatou das trevas. Comunguemos, comamos em união e alegria, contemos piadas, alegremo-nos com os que se alegram. Riamos uns dos outros e cantemos louvores ao nosso Deus. Mas, creio não ser necessário uma "unção" específica para isto... Fala sério?! Querendo ou nã0 a gente acaba rindo disso...

Unção do riso - Keneth Hagin em uma de suas ministrações

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fico muuuuuuuito feliz com a iniciativa de deixar seu comentário. Aqui você pode exercer sua livre expressão e opinião: criticar, discordar, concordar, elogiar, sugerir... pode até xingar, mas, por favor, se chegar a esse ponto só aceito ofensas contra mim (Thiago Mendanha) e mais ninguém, ok? rs