14 de dez de 2007

Conselho


- Se eu fosse você não teria dito que estava cansado para conversar. Claro, eu entendo o seu lado, mas, e você? Entende o lado dela? Responda-me. Quando chegou, o jantar estava preparado? Muito bom! Então, ela dispensou algum tempo com isso, certo?
- Não, Marcos! Ela não tem que entender que você não quer ouvi-la. É você que deve entender que ela passou todo o dia esperando por você.

- Tudo bem! Mas quantas vezes você pensou nela durante o trabalho, enquanto estudava todos aqueles processos, ou quando defendia alguma causa jurídica?
- Não, não estou dizendo que não trabalha por ela. Estou dizendo que, talvez, não viva com ela.
- Marcos, quando você acorda, seu café da manhã já está preparado, não está? Éh, alguém acordou mais cedo para agradá-lo.
- Não, isso não se trata de rotina conjugal. Trata-se de disposição na relação. Ela necessita de qualidade de tempo, conversa, atenção e carinho. E tudo isso deve ser introduzido na primeira vez que a vê ao seu lado quando acorda, e na última vez que a vê ao seu lado quando dorme. Sublime seria se nesse intervalo você acordasse e a observasse dormindo e agradecesse a Deus por ela estar ali do seu lado.
- Claro, eu compreendo. Ás vezes, estamos com a cabeça cheia e nos esquecemos das flores, do romance, da paixão. Mas, tente se doar um pouco. Conquiste-a todo dia uma vez mais. Apaixone-se todo dia uma vez mais.
- Isso! Você entenderá que só será feliz quando decidir faze-la feliz. Na verdade, casar não é esperar que o outro o faça feliz, mas, esperar fazer todo o possível para fazer quem a gente ama, a pessoa mais feliz do mundo.
- Ok, Marcos! Sem problema! Sempre que precisar pode me ligar novamente. Afinal, seu amigo não estudou psicologia à toa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fico muuuuuuuito feliz com a iniciativa de deixar seu comentário. Aqui você pode exercer sua livre expressão e opinião: criticar, discordar, concordar, elogiar, sugerir... pode até xingar, mas, por favor, se chegar a esse ponto só aceito ofensas contra mim (Thiago Mendanha) e mais ninguém, ok? rs