10 de dez de 2007

Fragmentos

Feliz aquele que não insiste em ter razão, porque ninguém tem ou todos têm.

Feliz aquele que perdoa aos outros e aquele que perdoa a si mesmo.

Bem aventurados os mansos, porque não condescendem com a discórdia.

Que a luz de uma lâmpada se acenda, embora nenhum homem a veja. Deus a verá.

Não odeies teu inimigo, porque, se o fazes, és de algum modo seu escravo. Teu ódio nunca será melhor que tua paz.


Jorge Luis Borges - em "Fragmentos de um Evangelho Apócrifo".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fico muuuuuuuito feliz com a iniciativa de deixar seu comentário. Aqui você pode exercer sua livre expressão e opinião: criticar, discordar, concordar, elogiar, sugerir... pode até xingar, mas, por favor, se chegar a esse ponto só aceito ofensas contra mim (Thiago Mendanha) e mais ninguém, ok? rs