6 de mai de 2008

Desconstrução


Não quero reformar nada! Não quero reformar ninguém! Apenas quero desconstruir minha religião e dar-me a oportunidade de começar novamente. Do zero! Quero aprender a orar porque suspeito que nunca aprendi em todos esses anos de eloquentes orações entonadas no conjunto de súplicas adornadas de lindos verbos.

Tenho a ligeira impressão de que todas as vezes em que falei em línguas na roda de oração para fazer notório o meu nível espiritual, não me valeram de edificação alguma. E que minhas devocionais carregadas de desânimo e obrigação para com a minha "consagração" no ministério de louvor não resultaram em nenhuma intimidade com Deus!

Quero desfazer de tudo que sei, ou que penso saber, e de tudo que não sei, e penso não saber, para aprender paulatinamente através de uma busca sincera, paciente, desobrigada, verdadeiramente motivada e autêntica, tudo quanto preciso, quanto quero e quanto me é essencial na jornada da fé. Quero despojar-me dos manuais religiosos, das doutrinas inquestionáveis, das tradições incoerentes e da estupidez e falácia da religião.

Quero duvidar de tudo e de todos, porque minha alma contorce pela verdade e tem sede de justiça. Quero abrir os meus olhos e enfrentar o ardor da luz cortante da revelação. Quero ficar cego por um tempo em virtude do impacto que a luz da verdade traz. Ficar cego para o enlatado evangélico, cego para o cauterizado cristianismo institucional. Quero ficar cego para as fórmulas instantâneas da fé, da sua comercialização e do abuso espiritual. Quero recobrar a visão aos poucos. Enxergar com sanidade a vida, as pessoas, a família, os amigos, o futuro, o presente e o passado. Quero aprender a enxergar tudo que enxergava errado. Usar minha visão pela primeira vez!

Quero me desviar dos caminhos da "i"greja que não segue o Caminho de Cristo. E andar na contra-mão desse sistema religioso elaborado sobre outro fundamento que não Jesus, a Rocha Viva. Quero tirar a capa que me identifica como "cristão" com o emblema da cruz para vestir-me de amor pelo próximo e por esse amor ser conhecido como discípulo de Cristo. E carregar não o emblema da cruz, antes, tomá-la dia após dia em meus ombros e renunciar à volúpia e morrer para o pecado.

Quero fugir dos grandes eventos de milagres e shows da fé, patrocinados por sórdida ganância e puro estrelismo. E me juntar aos homens de Deus presenteados com o dom da cura que trocam o palco pelo corredor dos hospitais. Que ao invés de pedirem que vão a eles, se disponhem a IR aos que necessitam.

Cansei de viver sob maldição financeira! E, agora, não gasto meu dinheiro patrocinando esse sistema putréfulo de escravizar a fé dos pequeninos. Não quero participar de tal infâmia! Que o pouco que tenho sirva não ao luxo dos templos e de seus donos, mas, aos que realmente necessitam da minha fidelidade financeira resultante da confiança no Jeová Jiré. E não da ameaça pastoral de maldição da pobreza versus prosperidade.

Quero ser livre para pecar! E da mesma maneira não pecar por entender que não me convém. Mas, se o desejo do pecado ronda a minha mente e não peco por causa da pressão de ter que me consagrar no ministério da "i"greja, que pobre que sou. Porque ainda não seria livre do pecado, mesmo não o praticando... Quero aprender a conduzir meu estilo de vida como resposta de gratidão à aceitação e perdão de Cristo, não como regras e proibições eclesiásticas que não tem efeito nenhum contra o pecado.

Estou desconstruindo a minha fé míope e doente para cultivá-la de forma autêntica, sincera, humana e verdadeira. Estou disposto a arriscar minhas crenças pelo conhecimento da verdade eterna, de modo, que mesmo vendo-a como em espelho, possa um dia conhecê-la completa assim como sou conhecido. Se para encontrar o Deus que está estampado no caráter de Cristo, me tornar necessário descrer do Deus pregado, e tornar-me ateu, que assim seja. E que possa, conhecê-Lo de forma pura, única, pessoal e intransferível.

Quero derrubar meus pilares espirituais porque não sei de onde vieram. Estavam lá no discurso e na retórica que pseudonimamente aceitei como sendo Jesus Cristo. Agora, nego a cartilha que reza, nego a teologia pronta que engoli e dou-me a oportunidade de aceitar, de fato, Cristo meu Senhor e Salvador, pura e simplesmente.

Se fosse possível voltar ao ventre de minha mãe e carregar em meus genes a luz que agora vejo, para que ao nascer, soubesse desviar dos caminhos que para o homem parecem bons, poderia começar de novo sem incongruências e inverdades ludibriosas.

Talvez, só agora tenha entendido o que significa "nascer de novo"...

Autor: Thiago Mendanha

39 comentários:

  1. Thiago do céu!!!!!!!!!!!

    rapaz!!! que texto!!!

    Nunca conseguiria traduzir com tamanha certeza e definições o que estou sentindo também!!!

    parabéns!

    ResponderExcluir
  2. meoooo DEUS...
    que texto Tiago..

    como o César disse... você conseguiu expressar com exatidão.. o que estu sentindo..

    isso é bom, pois, me dá mais ânimo.. pra nascer novamente!

    =]


    abraços e fik com DEUS.

    ResponderExcluir
  3. comentar o que?
    bom vocabulário.. traduziu mesmo!
    tamo no mesmo barco!

    ResponderExcluir
  4. Mais um texto que não me permite comentários - por que? óbvio, O Thiago diz, de novo, o que sempre pensei. (além de escrever muito bem)
    Thiagão, Deus lhe abençõe em Jesus, e que todo esta filosofia que nos molda a alma um dia possa encontrar aconchego numa comunidade séria e , por tudo, bíblica!

    ResponderExcluir
  5. Sim, estamos juntos e eu espero ter em algum grau toda essa sua convicção e força.

    (Ah, e quanto ao documentário, com Nooma já são dois pra vc vir assistir ... abraço!)

    ResponderExcluir
  6. Velho, o Espírito Santo é um só mesmo...
    Entre em contato comigo: claudiotapajos@yahoo.com.br

    Vamos trocar figurinhas!

    Paz.

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Blogger :::Fadário::: disse...

    Como vc tem ido fundo em nossa "revoluçao de pensamento"
    Vc nao descreceu o que sinto... seria presunçao minha dizer que eu cheguei sentir com tanta nobreza!

    C.S. lewis ficaria de queixo caido pela profundidade e qualidade do texto...

    seu hirro!(rs)

    ResponderExcluir
  9. Lindoélio Lázaro29 de maio de 2008 10:52

    Meu amado amigo e irmão...
    Já li esse texto incontáveis vezes e agora me perco em lágrimas!
    O Espírito Santo te transborda!
    Sabe aquele sentimento de saudade e solidão que nos permeia enquanto esperamos ansiosamente uma pessoa que está longe chegar e ela não chega com o passar do tempo?
    É exatamente o que estou sentindo ultimamente!
    Aguardo o meu amado Jesus, mas não quero estar de mãos vazias quando enfim eu puder molhar os seus ombros com as minhas lágrimas!
    Quero estar revestido de amor; o mesmo amor que ele dispôs a mim!
    Preciso desconstruir os pilares do evangelho humano usurpador para viver os sinais e maravilhas do Evangelho salvador de Cristo!
    Que o Papai do Céu continue a iluminar o seu coração, meu brother!
    Amo muito você!
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  10. Não iria comentar ...com tantos comentários completos, parecia desnecessário...
    Mas essa teia que une nossos gritos calados, e se alonga por tão distantes lugares, me incitou a escrever o redundante: que texto!
    É essa incompreensível e conflitante relação com a Liberdade, a verdadeira Liberdade que nos move aqui.
    Lindo Thiago, lindo demais.
    Bençãos do Céu sobre ti.
    Vanessa Max

    ResponderExcluir
  11. Nossa, muito bom!!!
    Parabéns pela sinceridade do texto.

    ResponderExcluir
  12. Thiago,

    Parabens pelo texto valeu a pena parar para ler

    Deus abençoe sua vida irmão.

    ResponderExcluir
  13. Ju, fico extremamente entusiasmado com seu comentário positivo e lisongeiro...

    Vindo de você, é deveras empolgante, tendo em vista seu talento e perspicácia jornalística.

    Valeu! :)

    ResponderExcluir
  14. Rodrigo,

    Fico muito agraciado pelo texto ter sido considerado um aproveitamento de tempo na leitura!

    Brigadão! God bless you... :)

    ResponderExcluir
  15. Thiago,

    Nasci em família cristã. Me converti de fato há 10 anos e hoje estou em tal "crise"diante do movimento evangélico em geral que encontrei seu blog agora e estou comentando um monte de coisa......

    Principalmente este texto resume exatamente como tenho me sentido e pensado.

    A igreja tem a mania de empurrar fórmulas prontas aos seus membros em todos os aspectos e jogam um peso absurdo sobre aqueles que questionam essas fórmulas, esses rótulos que não trazem nada senão superficialidade para o próprio relacionamento com Deus.

    Minha experiência mais fantástica com Deus ocorreu quando passei por uma fase extremamente difícil em minha vida e me senti pressionada a orar "com força"e "sentir o espírito".

    Percebi que não estava dizendo nada e fui sincera, simplesmente disse: Deus, me sinto triste e nem tenho vontade de ficar falando, quero mesmo é ficar em silêncio.

    A resposta de Deus certamente foi muito mais doce e amorosa do que a igreja daria.

    Muito bom saber que não estou só! rs

    ResponderExcluir
  16. Lívia, de fato vc não está só...

    Muitos têm se levantado como voz contrária ao "sistema" religioso que sufoca ao invés de aliviar as pessoas... que se volta cada vez mais ao próprio umbigo ao invés de voltar a face para o mundo e levar a Graça de Cristo...

    Sabe, as vezes a melhor oração é esta sincera, pura, confidente, transparente, derramada, entregue e... sem palavras nenhumas. Sem gritos, sem re-te-té, etc, etc...

    Fique firme e sempre próxima de Jesus! Nele que conhece os Seus...

    Abraços, querida!!!

    ResponderExcluir
  17. Gostei muito...
    Thiago, eh d sua autoria?
    pq eu queria saber c posso usá-lo, eh q eu quero colocar no youtube( em um vídeo)....
    Fike na paz!

    ResponderExcluir
  18. Oi, Rodrigo... que bom que gostou! :-P

    O texto é de minha autoria, sim. O único requisito para usá-lo são os créditos - rs.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  19. Podia falar várias coisas...mas que posso dizer?

    Que verdadeiramente nasçamos de novo!

    ResponderExcluir
  20. ai tah o vídeo....depois faço um melhor....coloquei um merchan do seu blog vlw...hehehe
    fui!!

    http://www.youtube.com/watch?v=wfF0i80ywiM&feature=channel_page

    ResponderExcluir
  21. Fala Thiago (xará),

    Tem dois selos pra ti no Descanso da Alma.
    http://descansodaalma.blogspot.com/2009/05/selos-da-alma.html.

    Parabéns e abração

    ResponderExcluir
  22. Olá Thiago...Vou usar uma frase bem Carioca para comentar seu texto:
    "Já é irmão...tamu junto"

    Pela causa de Cristo, pelo Seu reinado e por Sua glória!

    ResponderExcluir
  23. Caramba Thiago ... quanta verdade no seu texto ... é impressionante ... lendo seu texto me senti uma palhaça ... me veio a memória quantas vezes oramos vazio, fazemos propósitos tortos diante de Deus ... "falamos em linguas" nossa essa parte é a q da mais ânsia...enfim
    Quero também desconstruir minha fé miope e enxergar e conhecer como sou conhecida....

    ResponderExcluir
  24. Lindo, Paulo em Filipense 3 permite a desconstrução de sua religiosidade legalista, olha que pra ele não foi fácil ele teve que ir contra a "bíblia" da época pois segundo a justiça que havia na lei ele era irrepreensível mais mesmo assim deu descarga em tudo para que pudesse ganhar a Cristo.

    ResponderExcluir
  25. Nossa Thiago! Você disse tudinho que tenho sentido sobre a "i"greja...talvez caiba uma implosão, demolição pra em seguida construir.

    ResponderExcluir
  26. Oi Thiago, passei por aqui para conhecer e estou feliz com o que li. Legal, lúcido, sensível e sincero. Show!!! Saudades.

    ResponderExcluir
  27. Thiago, ao fundo, ouvi seu coração dizer: meu coração tem saudades, de Ti Senhor. Pq muitas vezes somos levados a acreditar q estamos com o Pai mas na verdade estamos enredados em uma teia de compromissos e não na doce presença dEle. Q nos muda, q nos transforma, q nos faz mais espirituais. E muito, muito mais humanos.

    ResponderExcluir
  28. mim converti a 15 anos , vivi intensamente o amor de deus em minha vida,até percrder os que mecanicamente estava comentendo.falava, pregava,orava mas não sentia oque eu mesmo dizia, porque?era a pergunta que sempre fazia.minha religião era morta,minha fé era morna.este texto disse oque eu sentia,descobri que eu estou cega,não sigo nenhum ensinamento de cristo,agora tenho certesa que preciso de uma reforma e sei como começar. obrigado.e nunca desista seja forte e perseverante.que deus ten adençoe

    ResponderExcluir
  29. Mano querido! Maravilha conhecer vc no caminho ... na jornada . Deus é contigo!
    beijinhos doces desde a terrinha do "sol Nascente' .
    Com carinho postei o seu texto no meu blog se é que não há problema . Até mais

    By

    ResponderExcluir
  30. Oi, mana! :)

    Não há problema em divulgar o texto! Fico muito contente de saber que desde a terrinha do "sol nascente" há irmãos de jornada!

    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  31. Arrasou!!!!!!!!!
    Conseguiu traduzir tudo que tem acontecido no "meio cristão".
    Tô levando seu banner comigo, e virando seguidora.
    Um grande abraço, que o Senhor te abençoe!!

    ResponderExcluir
  32. Cara,

    tenho acompanhado teu blog, cerca de uns 4 ou 5 meses. Parabéns por ele.

    Quanto ao texto, vc expressa muito bem aquilo que está no seu ser. E nisso vai ajudando os "semelhantes" a encontrar palavras para aquilo que muitas vezes entendemos como inexplicável, ou impossível de se verbalizar.(esse sou eu, rs)

    Eu e meu amigos brincamos, para "protestar", com a palavra GOSPEL, na brincadeira, o que é "gospel" pode.

    Bom, KEEP WALKING-GOSPEL.

    ResponderExcluir
  33. Li seu texto hoje, porque foi citado noutro blog.

    Gostei da tua reflexão. Estamos na luta! ;)

    ResponderExcluir
  34. Nunca tinha meditado sobre o assunto mas estou feliz por DEUS ter usado vc querido irmão para escrever esse texto tão maravilhoso e renovador pois agora posso entender o que quer dizer servir ao senhor com alegria de coração.
    Que o SENHOR JESUS CRISTO abençoe vc grandemente.
    A PAZ DO SENHOR.

    Irmão Jorge.

    ResponderExcluir
  35. Gostei da parte que diz que quer ser livre para pecar mesmo sabendo que não o fará por Amor a Ele e não por um sentimento religioso de se consagrar para ministrar num domingo. Isso é muito comum.

    Tome cuidado somente com os aduladores, eles são perigosos. Lembre-se do Peregrino de Bunyan.

    ResponderExcluir
  36. Thiago meu mano,a descrição que fiz de perfil no nosso blog parece que coaduna com essa reflexão:

    Estamos envolvidos num incessante processo de repensar e desintoxicar-se dos mitos da religião sem capacidade de decisão reflexiva. Como resultado dessa liberdade em pensar fora do convencional, nossos textos e falas quase sempre polêmicos, no sentido de provocar reação de autonomia de conteúdos, geram na mesma intensidade afetos e desafetos. A frase do mano Bob Marley, sintetiza um pouco daquilo a que nos propomos como caminhantes na Graça do Cristo inclusivo, que não se pré-ocupou com as rotulações atribuídas a sua reputação. Aí vai ela: "Preocupe-se mais com a sua consciência do que com sua reputação. Porque sua consciência é o que você é, e a sua reputação é o que os outros pensam de você. E o que os outros pensam, é problema deles!"

    Um abração e fica na paz,

    Franklin Rosa

    ResponderExcluir
  37. Paz seja contigo

    Amigo, que reflexão pura e que traduz o sentimento de tantos e o grito entalado nas gargantas condicionadas a dizer sim quando mandam dizer sim e não quando mandam dizer não.

    Queremos é servir uns aos outros e todos ao verdadeiro Senhor e Cristo e não ao cristo religioso, enquanto o cristo católico esta numa cruz o dos evangélicos parece que saiu da cruz e sumiu do universo.

    Ja o verdadeiro Jesus Cristo Vive e reina para sempre e queremos que ELE reine em nossas vidas também.

    ResponderExcluir
  38. UFF!NÃO ESTOU SOZINHA...

    ResponderExcluir
  39. AMADO...QUERIA SABER QUEM CANTA ESSA MÚSICA NO VÍDEO QUE SE REFERE A DESCONSTRUÇÃO POSTADA NO YOUTUBE.
    POR FAVOR MANDAR PARA O e-mail o nome de quem canta pq é muito linda!!!!
    pricardo79@hotmail.com

    UM FORTE ABRAÇO E YAOHU O ABENÇOE TREMENDAMENTE!!!

    ResponderExcluir

Fico muuuuuuuito feliz com a iniciativa de deixar seu comentário. Aqui você pode exercer sua livre expressão e opinião: criticar, discordar, concordar, elogiar, sugerir... pode até xingar, mas, por favor, se chegar a esse ponto só aceito ofensas contra mim (Thiago Mendanha) e mais ninguém, ok? rs