25 de ago de 2008

De quem Deus se agrada mais?

...um coração quebrantado e contrito,
ó Deus, não desprezarás.

Salmos 51:17b

Quando é que descobrimos que "grandes homens de Deus" são, de fato, grandes homens de Deus?

Nas Escrituras encontramos um padrão! Usualmente os grandes homens de Deus não são aqueles que jamais caíram, ou que nunca erraram, ou que não pecaram! Não, são os que pecaram de forma mais repulsiva para contragosto do senso comum, de que grandes homens de Deus são ícones da santidade, dos quais não se permite pecar... A diferença destes para os santos católicos está apenas em que ainda não possuem imagens e esculturas para devoção!

O homem que foi chamado segundo o coração de Deus, Davi, assassinou um homem para adulterar com sua mulher... Abraão mentiu e enganou um rei porque não confiou em Deus, e também se antecipou com a escrava resultando em um filho, porque também não esperou por Deus... Paulo perseguiu os discípulos de Cristo... Pedro negou o próprio Cristo...

O que fez desses homens grandes homens de Deus, não foi o mérito próprio... mas, como reagiram ao total fracasso como homens de Deus! A resposta de cada um deles foi com quebrantamento, humildade, contrição e confissão diante de Deus e dos homens...

Um verdadeiro homem de Deus não é aquele super-crente, ungido intocável do Senhor que não pode pecar e assumir erros. É aquele que erra, peca e cai e se dobra diante de Deus em arrependimento, assume as consequências de seus erros e aceita o perdão de Deus e dos homens...

Agora, me responde: Quem está agrando mais a Deus? O que erra, não se arrepende e ainda se faz de vítima? Ou o que erra, se arrepende e confessa?

Um comentário:

  1. Arrependimento e perdão recebem uma ênfase gigantesca na Bíblia. E são eles que devem ser os personagens principais nessa história, não o erro do Mike. Foi um erro grande, sim, mas não maior do que aqueles terríveis pensamentos que todos têm em suas mentes perversas. O dele apenas veio à tona, e ele admitiu.

    Quanto ao outro exemplo... vergonha total.

    ResponderExcluir

Fico muuuuuuuito feliz com a iniciativa de deixar seu comentário. Aqui você pode exercer sua livre expressão e opinião: criticar, discordar, concordar, elogiar, sugerir... pode até xingar, mas, por favor, se chegar a esse ponto só aceito ofensas contra mim (Thiago Mendanha) e mais ninguém, ok? rs