12 de ago de 2008

(Des)Interesse nacional

A menina chinesa que supostamente cantou "Ode à Pátria" durante a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Pequim fez playback porque a verdadeira cantora não era bonita o suficiente para representar a China, admitiu o diretor musical do espetáculo.

"Queríamos passar uma imagem perfeita e pensamos no que seria melhor para a nação", declarou Chen Qigang em entrevista à televisão chinesa, que também chegou a ser divulgada no portal Sina.com, antes de ser deletado do site.

Nesta terça-feira, a imprensa chinesa publica várias fotos de Lin Miaoke, de nove anos, que é tratada como uma "estrela em ascensão". Porém, não diz nada sobre Yang Peiyi, uma menina gordinha de sete anos com os dentes fora do lugar, mas com grande voz.

"Era uma questão de interesse nacional. A criança que apareceria diante das câmeras tinha que ser expressiva", justificou Chen, célebre compositor chinês.

"Lin Miaoke é excelente para tudo isto. Porém, no que diz respeito à voz, Yang Peiyi é perfeita. Toda a equipe concordou", acrescentou o diretor musical.

A menina se apresentou na última sexta-feira durante a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos diante de 91.000 pessoas no estádio Ninho do Pássaro e de bilhões de telespectadores de todo o mundo.

fonte: Terra
colaboração: Leone Lacerda e Paulo Evangelista [via Pavablog]

P.S. Putz, mas que tremenda palhaçada!

Um comentário:

  1. Brother vlw pelos links, amei o novo visual. O fundo preto é ideal para a Pílula Vermelha, dessas três faixas simulando uma pílula...




    Abraços,
    Fique na GRAÇA!

    ResponderExcluir

Fico muuuuuuuito feliz com a iniciativa de deixar seu comentário. Aqui você pode exercer sua livre expressão e opinião: criticar, discordar, concordar, elogiar, sugerir... pode até xingar, mas, por favor, se chegar a esse ponto só aceito ofensas contra mim (Thiago Mendanha) e mais ninguém, ok? rs