12 de ago de 2008

Medalha, medalha, medalha

Mais uma verdade sobre a China que a Anistia Internacional lembra em uma nova peça impressa.
Ainda que o Comitê Olímpico declare que os jogos irão ajudar a desenvolver os direitos humanos na China, o país sede das Olimpíadas 2008 detém o recorde mundial de execuções.
A criação é da DDB de Budapeste.


Confira outras campanhas da Anistia sobre as Olimpíadas de Pequim.
fonte: Brainstorm9 [via Pavablog]

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fico muuuuuuuito feliz com a iniciativa de deixar seu comentário. Aqui você pode exercer sua livre expressão e opinião: criticar, discordar, concordar, elogiar, sugerir... pode até xingar, mas, por favor, se chegar a esse ponto só aceito ofensas contra mim (Thiago Mendanha) e mais ninguém, ok? rs