17 de set de 2008

Amor Verdadeiro


Eu sou o teu Deus, moldei-te com as minhas mãos e amo o que fiz.
Amo-te com um amor sem limites, porque te amo como sou amado.
Não fujas de mim. Volta para mim - não apenas uma, duas vezes, mas uma e outra vez.
És meu filho.
Como podes duvidar de que voltarei a abraçar-te,
de que te apertarei contra o meu peito, te beijarei e afagarei o teu cabelo?
Eu sou o teu Deus do perdão e do amor, o Deus da ternura e do carinho.
Por favor, não digas que Eu desisti de ti, que já não te suporto, que não há caminho de regresso.
Não é verdade. Desejo tanto que te aproximes de mim.
Conheço todos os teus pensamentos.
Escuto todas as tuas palavras e vejo todos os teus atos.
E gosto de ti porque és belo,
feito à minha imagem, uma expressão do meu amor mais íntimo.
Não te julgues a ti próprio. Não te condenes. Não te rejeites.
Deixa o meu amor tocar os cantos mais profundos e recônditos do teu coração
e revelar-te a tua própria beleza que perdeste de vista,
mas que voltará a ficar visível à luz da minha misericórdia.
Vem, vem deixa-me limpar as tuas lágrimas
e deixa que a minha boca se aproxime do teu ouvido e te diga:
“Eu te amo, te amo, te amo!”
Henri Nouwen, em “A Caminho de Daybreak”

Fonte: Seguir Jesus
via blog Amando ao Próximo [vi no blog O's Lázaro's]

Um comentário:

  1. Ahh kra é injustiça, ele pegou do meu blog e nem me linkou...



    E na verdade eu peguei de 1 outro blog o "Conhecer e Seguir Jesus" mas eu linkei o kra ;)



    Abração Thiago,
    Fique na GRAÇA!

    ResponderExcluir

Fico muuuuuuuito feliz com a iniciativa de deixar seu comentário. Aqui você pode exercer sua livre expressão e opinião: criticar, discordar, concordar, elogiar, sugerir... pode até xingar, mas, por favor, se chegar a esse ponto só aceito ofensas contra mim (Thiago Mendanha) e mais ninguém, ok? rs