22 de set de 2008

Vale a pena ser virgem?


Até os contraceptivos modernos serem inventados, a maioria das gerações acreditavam que o melhor era casar-se virgem.
No mundo secular este conceito foi largamente mudado. Muitas pessoas, possivelmente a maioria, perdem a virgindade antes de casar. Mas eles estão realmente perdendo algo de valor? Será que vale a pensa ser virgem?
Sim, vale. Aqui estão algumas poucas e boas razões para isto.
1. Não permanecem amigos depois do sexo
Psicanalistas declaram que as pessoas não continuam sendo boas amigas depois que param de ter relações sexuais. Se eles não permanecem amigos, eles ficam cada vez mais distantes um do outro. Em certas situações, assim como freqüentando o mesmo colégio ou a mesma igreja, este relacionamento "distante" pode criar conflitos entre pessoas próximas deles, dentro de suas classes.
Na tentativa de manter um relacionamento distante, o ex-casal pode acabar desenvolvendo uma relação de "ódio". Um exemplo deste ódio após a relação sexual foi o do Príncipe de Israel Amnon e a sua meia irmã Tamar. Depois do sexo,
"seu amor tornou-se em ódio, e agora seu ódio por ela era maior que o amor que antes sentia." -- 2 Samuel 13:15.
Então ao invés do sexo construir relações "amorosas", ele pode construir relações de "ódio". Se você quer evitar relações de "ódio", evite o sexo antes do casamento.
(Com relação a igreja, este ódio pode levar um ou os dois para for a da igreja... Para longe dos braços de Deus... Pode causar a perda da vida eterna. Assim, sexo entre adolescentes ou mesmo jovens faz com que muitas pessoas percam a vida eterna.)
2. Perda de laços especiais
A relação sexual é um laço especial que mantém casais unidos. Mas este laço é enfraquecido se o ato sexual não é exclusividade entre duas pessoas. Se um dos dois ou ambos praticaram sexo antes do casamento, o laço sexual entre eles não é tão forte. Estatísticas mostram que as taxas de divórcio são maiores entre casais que praticaram sexo antes do casamento. Então se você quer ter fortes laços matrimoniais, evite o sexo antes do casamento.
3. Fica difícil de resistir
Uma vez perdida a virgindade, é difícil resistir a tentação de ser promíscuo. Você pode estar pronto para resistir a uma tentação sexual quando você é virgem, mas é muito mais difícil resistir a uma tentação sexual quando você já perdeu a virgindade. Sexo é a criação de um hábito. Você pode ter um forte sentimento de amor pela pessoa com a qual você fez sexo pela primeira vez, mas depois que você tende a fazer sexo mais pessoas sua afeição por elas irá diminuir. Então, deixe o sexo ser algo reservado para um relacionamento fechado.
4. Nomes se espalham
Em alguns colégios de ensino médio, garotos dizem para outros garotos quais garotas já perderam sua virgindade. Então estes garotos querem ter um "tempo bom" sendo amigos de garotas que não são virgens. As garotas pensam que o garoto gosta delas, mas isso não é verdade. Assim, uma garota perde sua virgindade com alguém que ela gosta. Mas isto torna ela apenas um "brinquedo" para outros homens.
5. Sozinho em Casa depois do sexo
No velho testamento, um marido recém casado não podia ser chamado para o exército durante os 12 primeiros meses depois de casar. Marido e esposa ficavam juntos aproveitando os privilégios de estar na companhia um do outro. Isto era tão importante que mesmo se o país fosse invadido, era respeitado que os 2 permanecessem juntos durante os 12 meses.
Não importava o quanto eles faziam sexo, o marido e a mulher ficavam juntos até o próximo pôr-do-Sol. (Eles ficavam juntos "até o próximo pôr-do-Sol" e não podiam ser acompanhados por nenhuma outra pessoa.) Portanto o ato sexual era freqüentemente acompanhado de um longo período de união. Mas no sexo entre adolescentes e jovens, após a relação o casal vai para
Casas separadas. Portanto, o período de companheirismo que tinha por objetivo ser parte do ato sexual, é perdido. Quando vocês não podem passar o próximo dia juntos, vocês podem desenvolver um ato sexual padrão, não passando de uma breve sensação de prazer. Isto faz com que se perca muito do verdadeiro significado do sexo.
6. Sexo não é necessariamente amor
Algumas pessoas consideram a relação sexual como sendo um sinal de amor. Eles às vezes se "dão" para alguém com o propósito de mostrar quanto o amam. Entretanto, talvez a outra pessoa não tenha a mesma atitude. Talvez para ela, o ato sexual não signifique necessariamente amor. Portanto alguns estão se "dando" para mostrar o seu amor, mas na verdade estão muitas vezes praticando um gesto vazio, já que o gesto não é interpretado da mesma forma pela outra pessoa.
7. Pode o desqualificar para algumas carreiras
Adolescentes e jovens que praticam sexo podem se sentir desqualificados para algumas futuras carreiras profissionais. Profissionais assim como médicos, assistentes sociais e ministros podem precisar de tempo para ficar sozinhos com pessoas do sexo oposto. Se as barreiras naturais entre o sexo são quebradas por uma história de sexo na adolescência ou juventude, pode ser difícil lidar com estas situações.
São freqüentes os casos onde um comitê médico exclui um bom médico devido à existência de intimidade sexual com seus pacientes. Muitos ministros e assistentes sociais perdem seus empregos por problemas com intimidade sexual. Adolescentes e jovens promíscuos acabam, devido a este risco, evitando estas profissões. E este poderá ser um preço muito alto a se pagar se aquela é a ocupação que você mais quer ou lhe trás mais satisfação.
8. O hábito pode continuar depois do casamento
Adolescentes e jovens que tem relações sexuais com seus amigos íntimos do sexo oposto antes de casar, são tentados a continuar com este hábito depois do casamento.
Se antes do casamento, em todos os momentos eles quase se relacionam com uma pessoa do sexo oposto, isto poderá conduzir a relação sexual, podendo continuar mesmo depois de casado. Para parar esta tentação, muitas pessoas casadas evitam ter amizades com pessoas do sexo oposto. Não ter amigos íntimos do sexo oposto (com exceção de sua esposa) pode ser um alto preço a se pago por ter praticado sexo durante a adolescência ou juventude. A melhor solução para isso é não fazer sexo com amigos íntimos do sexo oposto durante a adolescência ou juventude. Isso ajuda a desenvolver um hábito padrão que irá deixa-lo ter amigos íntimos do sexo oposto, com os quais não fará sexo, mesmo depois do casamento.
9. Risco de doenças
Você pode contrair varias doenças sérias através de relações sexuais. Isto inclui AIDS, herpes, gonorréia, sífilis e até mesmo câncer.
Não é divertido ter que na flor da idade encarar um médico que lhe diz que você tem AIDS ou câncer vaginal -- por causa de alguém que fez sexo com você. Realmente não é algo digno perder sua saúde (ou perder sua vida) por uma noite de prazer barato.
10. Bons relacionamentos não se perdem
Um bom homem ou uma boa mulher raramente tem perdido algo por se recusar a fazer sexo. Na realidade, muitos homens dizem que tem muito respeito pelas mulheres que resistem ao sexo. Desta forma, ainda existe um "mistério" sobre a mulher, ainda existe "algo mais" que pode ser obtido quando o relacionamento flui completamente dentro do casamento. Qualquer parceiro que puser em risco o fim do relacionamento por não haver ou se não houver um relacionamento sexual está basicamente dizendo que seu relacionamento vale muito pouco.
11. Destrói a confiança
Fazer sexo antes do casamento pode reduzir a confiança do casal durante o casamento. Sexo é um ato físico que está partindo de uma relação mental, física, social e espiritual. Confiança é o coração de um relacionamento. Confiança é parte do relacionamento
matrimonial em todos os segundos do dia, mas sexo é parte do relacionamento apenas uma pequena parte do tempo.
Talvez você nunca tivesse uma completa confiança em seu cônjuge se vocês tivessem feito sexo antes do casamento. Se a confiança é danificada ou enfraquecida, você pode se tornar mais solitário no casamento. Este isolamento só aumentará pelo resto de sua vida.
12. Complexos de culpa
Fazer sexo antes do casamento freqüentemente leva a mentira, com objetivode esconder o fato. Isto pode levar a culpa e insegurança. Pessoas que são totalmente honestas em tudo o que fazem não tem a consciência pesada e tudo está claro em sua mente. Eles não têm que ficar guardandoum pouco de tudo o que passou -- tentando lembrar aquela mentira que disseram a alguém. Devido a terem uma mente clara, eles têm acesso a quase qualquer situação sem culpa e insegurança.
13. Degradação sócio-sexual
Um parceiro pode estar pronto para sobrevier de forma relativamente intacta ao sexo antes do casamento, mas isso pode destruir ao outro. Qualquer pessoa que faz sexo antes do casamento normalmente não consegue saber que danos isto pode trazer para a outra pessoa, mas isso pode deixa-los com cicatrizes psicológicas para a vida toda. Isto pode leva-los a uma decadência a qual poderá conduzi-los a um relacionamento matrimonial arruinado, uma vida arruinada e uma chance de eternidade arruinada.
14. Mudando a ênfase
Para muitas pessoas, só o ato sexual antes do casamento não é uma grande emoção. A emoção está em avançar o ato sexual. Desenvolver o hábito de avançar é algo importante para eles. Entretanto, o avançar termina no casamento. Já como um hábito padrão formado, no casamento o sexo se torna menos desejado. A pessoa ainda quer avançar e assim vai para fora do casamento -- desta forma faz com que o casamento termine. Se o "avançador" permanece fiel no casamento, ele pode achar o sexo no casamento frustrante. O ato sexual em si deixa de ser prazeroso. Então, gozar do sexo antes do casamento pode levar a pouco ou nenhum prazer durante o casamento.
15. Sexo sem amor
O sexo sem casamento é normalmente sexo sem amor. Deus é amor. Satanás corrompeu o amor para fazer o ato sexual perder seu lado amoroso. O movimento feminino finalmente tornou-se contra isso. A experiência mostrou que aquele era um amor vazio.
O movimento feminino agora tem uma forte ênfase contra o "animalismo" durante a relação sexual. Por experiência, as membras do movimento concordam que o sexo precisa de amor genuíno para ser satisfatório. É um erro chamar o sexo antes do casamento de "fazer amor". Na maioria das vezes o amor não faz parte do sexo antes do casamento, ele pode ser luxuria, pode estar usando alguém. Então, ele pode não ser amor. O amor tenta conquistar alguém especial. Sexo antes do casamento geralmente tenta adquirir algo. O amor é permanente (I Coríntians 13:13). Sexo antes do casamento é temporário.
16. Uma pobre direção para casais
Quando mais sexo você fizer, melhor nisso você ficará. Assim que dois virgens se casam eles aprendem um com o outro os prazeres
do sexo e eles irão melhorar nisso -- juntos. Entretanto, alguns pensam que quem é bom em sexo antes do casamento é a
melhor opção para casar. Isto não é verdade. A pessoa boa em sexo provavelmente é alguém que teve muitos parceiros sexuais,
mas muitos de nós sabem identificar que aquela pessoa que teve muitos parceiros sexuais será uma pobre escolha como companheiro para a vida. Sendo assim é melhor tem um parceiro sexual sem experiência a um com muita
experiência.
17. Você pode engravidar
Um dos principais objetivos do ato sexual é gerar bebês, mas muitos adolescentes e jovens se esquecem disto quando fazem sexo.
Uma gravidez indesejada é um alto preço a se pagar por alguns minutos de prazer, e isto não é apenas um alto preço a se pagar pelo pai e pela mãe, é um alto preço para o bebê. Um bebê merece o melhor, merece um relacionamento estável e não o que um casal adolescente, que não gostaria de estar naquelas condições, pode oferecer.
18. Dezesseis anos de penalidade
Em alguns países, o pai é obrigado a pagar por estar tendo um filho sem que haja casamento.
Em meu país (Austrália), um garoto adolescente que engravida uma garota paga por isso todas as semanas, até que o filho atinja 16 anos de idade. Entre $50-$100 é descontado do salário dele todas as semanas para que seja usado no bem estar do filho.
Ele pode nunca mais ver o bebê ou a mãe do bebe novamente, mas todas as semanas o dinheiro será automaticamente sacado do seu pagamento antes dele recebê-lo. Mesmo que depois ele tenha sua própria família, o bebê receberá o dinheiro todas as semanas.
19. Quebra o relacionamento familiar
Quando já perderam sua virgindade, adolescentes e jovens normalmente não contam isso para seus pais. Isto alimenta o hábito de não contar aos pais sobre os importantes acontecimentos de sua vida. Entretanto, os anos da adolescência são os anos em que é mais importante para a pessoa ter amizade e manter conversas com seus pais, já que a adolescência é o período da vida em que mais se precisa de ajuda. Este é o momento em que você mais faz "suas coisas", toma mais decisões sozinho. Então, é ai que você precisa estar pronto para usar a sabedoria de seus pais para ajudar nestas decisões.
Entretanto, muitos adolescentes não conversam livremente com seus pais porque eles fizeram sexo e sentem-se envergonhados em contar a seus pais. O melhor que eles podem fazer é contar a seus pais.
A cultura cria jovens que não conversam com seus pais sobre acontecimentos importantes de sua vida. Esta cultura tende a aumentar entre os jovens, não só entre os que fizeram sexo. Muito do sexo antes do casamento vem da cultura. Nós poderíamos claramente
ser melhores sem ela.
20. Pouco sexo no casamento
Aqui está uma preciosa estatística. Casais que se casam virgem fazem sexo muitos mais freqüentemente do que os casais que não se casam virgens. Quem se casa virgem não só faz sexo mais freqüentemente, eles têm maior prazer no sexo. Na verdade, os maiores níveis de satisfação sexual das pesquisas são notados nas esposas de ministros. Então, fazendo sexo alguns poucos anos antes do casamento, você pode ter muitos anos de pouco sexo durante o casamento.
21. Não estão preparados para o sexo
De certa forma, pode parecer para a maioria das pessoas, que os adolescentes estão psicologicamente preparados para fazer sexo, mas isto não é verdade. Por exemplo, o corpo de uma garota ainda não está completamente pronto para ter um bebê e muitas pessoas, dizem que a mente também não. Atualmente as garotas atingem a puberdade cerca de cinco anos antes do que a 250 anos atrás. (Provavelmente os garotos também, mas nós não temos estatísticas disso.)
Esta puberdade prematura (provavelmente causada por uma dieta moderna) significa que eles não estão psicologicamente prontos para reproduzir-se mais cedo. Estatísticas mostram que 99% das pessoas que se casam na adolescência acabam se divorciando. Isto confirma que eles provavelmente não estão psicologicamente preparados para um relacionamento matrimonial na adolescência.
Esta falta de preparação mental também é mostrada nos bebês de adolescentes que são assassinados. Quando a mãe tem menos de 15 anos, as chances do bebe ser assassinado são 7 vezes maiores, quando a mãe tem menos de 20 anos e já tem outro filho as chances do bebe ser assassinado são 11 vezes maiores. (Fonte: New England Journal of Medicine 1998;339:1211-1216.) Geralmente estes bebês são mortos pelas mães, pais ou padrasto. Isto mostra que adolescentes ainda não estão mentalmente preparados para serem pais.
22. Perde um estágio da vida
Se nós não deveríamos fazer sexo durante a adolescência, o que nós estamos perdendo se o fazemos?Nesta época de sofisticação, pode ser difícil perceber o que é perdido, mas uma destas coisas é a ingenuidade.Pode parecer estranho, mas existem algumas coisas que é melhor a gente não conhecer. Por exemplo, era melhor Adão e Eva não conhecerem o pecado. Eles podem ter se sentido sofisticados quando conheceram o pecado, mas eu posso apostar que eles eram pessoas melhores quando eram ingênuos.
Existe uma beleza na ingenuidade que talvez você precise de 40 anos de idade para aprender a apreciar, mas você pode experimentá-la enquanto ainda é um adolescente ou jovem. Esta é uma qualidade que o torna mais parecido
com Deus.
23. Risco de aborto
O resultado do sexo na adolescência muitas e muitas vezes é o aborto, e isso não é bom.
O aborto é arriscado e pode causar males a saúde da mãe. Garotas que abortam são freqüentemente psicologicamente afetadas pelo resto de suas vidas. As pessoas podem justificar o aborto com comentários como, "Esta não é realmente uma vida." ou "Este é o meu corpo". Entretanto, mais tarde pode ser perturbante pensar que isto foi um assassinato, e poderá ser difícil conviver com isto.
Não vale a pena ter sentimentos de culpa pelo resto da vida.
24. Ter um bebê sozinha
O sexo produz bebês. O que você fará com um bebê se ele vier? Muitas adolescentes tentam ter o bebê sozinhas. Daria menos trabalho para os pais ter o bebê 5 ou quem sabe 10 anos mais tarde, os problemas surgem por toda a vida. Em todos os estágios da vida, os pais têm idade muito próxima a dos filhos e assim fica difícil desenvolver um relacionamento pais-filho.
As muitas garotas que educam seus bebês sem um marido podem afetar o bebe de muitas formas. Esta atitude pode, por exemplo, resultar em um menino homossexual. Estatísticas mostram que 90% dos homens homossexuais foram criados sem uma figura adequada de pai. A maioria foram criados apenas pela mãe. Isto pode significar também um bebê criado na miséria. Estatísticas mostram que muitos bebês criados apenas pela mãe são criados na miséria.
25. Deus diz assim
Para muitas pessoas, à vontade de Deus é uma razão extremamente boa para se evitar o sexo pré-matrimonial.Deus fez as peças do maquinário que nós chamamos de corpo humano. A ciência está apenas aprendendo um pouco das fascinantes coisas que faz ele trabalhar melhor, mas é Deus quem fez isto tudo e sabe tudo sobre como fazê-lo funcionar melhor. Deus não nos aconselhou a não fazer sexo antes do casamento porque Ele quer que percamos algo bom, muito pelo contrário, Ele não quer que percamos nada de bom.
Se este é o caso, então sexo antes do casamento não é bom -- se fosse de outra forma porque Deus nos faria perder isto?
Aqui estão alguns versículos da bíblia. Você deve pensar um pouco sobre isso:"Porque os lábios da mulher adúltera destilam favos de mel, e as suas palavras são mais suaves do que o azeite; mas o fim dela é amargoso como o absinto, agudo, como a espada de dois gumes". -- Provérbios 5: 3 e 4
"Afasta o teu caminho da mulher adúltera e não te aproximes da porta da sua casa; ...para que não gemas no fim de tua vida, quando se consumirem a tua carne e o teu corpo." -- Provérbios 5:8, 11.
"Vi entre os simples, descobri entre os jovens um que era carente de juízo,... eis que a mulher lhe sai ao encontro, com vestes de prostituta e astuta de coração. ..Seduziu-o com as suas muitas palavras, com as lisonjas dos seus lábios o arrastou. " --Provérbios 7:7, 10, 21.
Deus não quer que você seja um pássaro morto nas armadilhas do sexo durante a adolescência ou juventude.
26. Acredite pela fé
Logicamente, o adolescente não pode saber por experiência própria que o sexo antes do casamento não é bom sem cair na armadilha. Também logicamente, você não pode saber como é ruim a experiência do sexo antes do casamento até você casar e conhecer como é o sexo no casamento. Então a experiência não é uma boa professora quando se fala em sexo na adolescência
e juventude.
Entretanto, pais têm experiência e é por isso que a maioria dos pais recomendam que os filhos permaneçam virgens -- principalmente se eles não eram virgens quando se casaram. No momento existe um maior numero de pessoas contra o sexo durante a adolescência, particularmente entre garotos. Nos Estados Unidos mais de 14% dos garotos que estão no ensino médio agora são virgens, mais do que os alunos do ensino médio do inicio da década passada. Isto é, de certa forma porque os pais estão fazendo um melhor trabalho, avisando seus filhos sobre os perigos do sexo antes do casamento.
Adolescentes e jovens só podem aceitar o conceito de que virgindade é melhor por "fé", por acreditarem no que está sendo dito. A bíblia diz,"O justo irá vier pela fé". -- Hab 2:4; Gal 3:11.
Este conceito não se refere somente a salvação. Isto se refere a muitas das decisões de sua vida, isto é, como nós devemos viver. Sendo assim somente pela fé você pode saber como muitas coisas são.
Se você tentar saber mais sobre sexo antes do casamento por experiência, você terá falhado em seu teste de fé. Você não confiou em Deus, que sabe o que é melhor para você e recomendou que você não fizesse sexo antes do casamento.
27. O perdão ainda está disponível
O sexo antes do casamento não irá necessariamente eliminar a sua chance de salvação. Evidentemente, pessoas que afundam-se neste estilo de vida podem achá-la mais interessante do que Deus -- e eles podem perder a vida eterna. Mas este não é um caminho automático. Cristo ensinou claramente que aquele que cedeu a tentação do sexo fora do casamento pode ser perdoado e ser bem recebido no Seu Reino.Em João 8 ele recusa-se a condenar uma mulher pega no ato do adultério. Eu acredito que aquela mulher estará no reino de Deus. E você pode estar também. Leia os primeiros 10 versículos daquele capitulo. Você ficará inspirado. Aquele mesmo perdão que foi dado para aquela mulher está disponível pra todos nós ainda hoje. Se você já fez sexo antes do casamento, os psicólogos dizem que você pode se "re-virginsar". Você pode ser como aquela mulher em João 8. Jesus disse para ela:
"Vai e não peques (faça sexo) mais".
Deus não a condenou. Ele não quer condenar você também.
Ele quer que você tenha todos os prazeres que vem do sexo -- não o prazer temporário que trás o sexo na adolescência e juventude.

Autor Desconhecido [via Confeitaria Cristã]

5 comentários:

  1. importantíssimo assunto abordado neste post!

    Abraço e continue na abundante Graça!!!

    ResponderExcluir
  2. OLÁ,ACOMPANHO A POUCO TEMPO ESSE BLOG E ESCLARECEU-ME EM GRANDES ASSUNTOS,COMO NA OUTRA MATÉRIA SOBRE OS "SEM IGREJAS".Ñ NASCI EM BERÇO EVANGÉLICO,ME CONVERTI A 4 ANOS E HJ ESTOU FORA DA IGREJA POR DISCORDAR DE VÁRIOS TEMAS, UM DELES É O SEXO,BUSCAVA ALGUMA JUSTIFATIVA PARA OS EVANGÉLICOS TRATAREM ISSO COMO O "MAL SECULAR"MAS NUNCA OBTIVE RESPOSTAS SATISFATÓRIA E LENDO ESSA MATÉRIA ME PARECEU MAIS MESQUINHO,SUPÉRFLUO E TENDENCIOSO,NADA DO Q FOI DITO TEM RELAÇÃO COM UMA PESSÔA COM BOM SENSO,FAZ COMPARAÇÃO A UM MACACO COM UMA PISTOLA!ME DISSERAM NA IGREJA SOBRE MARCAS SENTIMENTAIS,SOBRE SE PRESERVAR DE EXPERIÊNCIAS RUINS...MAS NA VERDADE OQ NOS ACONSELHAM É Q DEIXEMOS DE VIVER,SE POUPE DE QUALQUER ESTRESSE DA VIDA SECULAR E AGUARDE A VIDA ETERNA!POIS BEM,OQUE ME DEIXOU MAIS EM PAZ COM DEUS FOI SENTIR Q Ñ SENDO MAIS VIRGEM E Ñ PREJUDICANDO UM "IRMÃO",DEUS AINDA CAMINHA COMIGO!
    DESDE JÁ,OBRIGADO PELO BLOG,É ESCLARECEDOR!

    JOÃO PAULO AMORIM

    ResponderExcluir
  3. Oi, João...

    Fico feliz por poder esclarecer-lhe algumas coisas.

    Não entendi muito bem seu comentário.

    A que conclusão você chegou?

    1 - Vale a pena manter-se virgem até o casamento?

    2 - Se já não é virgem mais, entende que não precisa viver sob a culpa que a "igreja" lhe impõe, visto que a Graça de Cristo lhe propõe o perdão?

    3 - Acha que transar fora do casamento não tem problema?

    hehe, desculpe as perguntas diretas, é que fiquei sem entender...

    Abraços!

    ResponderExcluir
  4. PERDÔE SE FUI UM POUCO CONFUSO,ME EMPOLGUEI UM POUCO POR UM TEMA Q ACABAVA EM INCOMODANDO NA IGREJA!HJ POR UM MOTIVO Q, SINCERAMENTE, ACREDITO Q FOI DEUS QUEM ME DEIXOU ACOMPANHANDO SEU BLOG,ME INTEROU DE VÁRIOS ASSUNTOS Q ACABAM NA MINHA CONCLUSÃO(INCLUSIVE SOBRE O TEMA)A IMPOSIÇÃO DA IGREJA DO Q É CERTO,PARA NOS TORNARMOS "OVELHAS"(Ñ NO SENTIDO DE RECONHECER A VOZ DO PASTOR)TODO MUNDO IGUALZINHO,SEM DISCUTIR, SEM OPINIÃO,APENAS ROBÔS Q SEGUEM ORDENS!ISSO CHEGA AO CAMPO DA VIDA PESSOAL!!TENHO MINHA OPINIÃO E Ñ SEI SE ISSO E´INTERESSANTE PARA O BLOG,MAS INDEPENDENTE DISSO,O LIVRE ARBÍTRIO AINDA DEVERIA PREVALECER,SEM REPRIMENDAS,SEM COAÇÃO!QUEM DEVE DECIDIR SE VALE A PENA OU Ñ,SOMOS NÓS MESMOS;SE ISSO TRARÁ MARCAS EM NOSSA VIDA,QUEM PODE DECIDIR ISSO MELHOR Q NÓS MESMOS?O PASTOR?ACHO Q Ñ...ISSO EU CHAMO DE VIVER!
    MAS ISSO Ñ VAI ACONTECER Ñ É?ISSO QUEBRA PARÂMETROS, E MOSTRA Q DEUS Ñ PRECISA DE INTERMEDIÁRIOS...

    ResponderExcluir
  5. É, meu caro brother! Não foi em vão que Deus nos deu um cérebro, e muitos tem simplesmente deixado em inutilização esse dom (pensar).

    Mas, pensar por nós mesmos acabará por nos levar distantes do Pai já que nossa mente a princípio, em condição de pecado, é desprovida de santificação.

    Some à sua capacidade de crer(pensando) a direção do Espírito Santo e, então, verás que realmente quem é o Cabeça do Corpo dirige os membros desse Corpo, a Igreja.

    Muitos membros ultimamente não estão funcionando porque obedecem outras cabeças que muitas vezes não estão em concordância com o Sumo Sacerdote, Jesus Cristo.

    Um forte abraço, mano... que o Pai lhe derrame o Espírito de discernimento e te encha de sabedoria do alto.

    Um abraço!

    ResponderExcluir

Fico muuuuuuuito feliz com a iniciativa de deixar seu comentário. Aqui você pode exercer sua livre expressão e opinião: criticar, discordar, concordar, elogiar, sugerir... pode até xingar, mas, por favor, se chegar a esse ponto só aceito ofensas contra mim (Thiago Mendanha) e mais ninguém, ok? rs