3 de out de 2008

Zé, um grande homem de Deus!


O Zé era um cara super de boa, bacana, feitor do correto e bem aceito pelos amigos do condomínio dos bloquinhos verdes numa cidade lá de Goiás!

Agora, pare e pense comigo num cara que amava a namorada! Pensou num tanto bem grande?! Mas, agora triplica... Triplicou?! Então..., ainda não é o tanto do respeito e paixão que o Zé tinha por sua amada! Eles pretendiam e se casariam virgens! Que coisa linda!

Então, ele está noivo e às vésperas do casamento, faltam somente 2 semanas, a ansiedade e a alegria são enormes!

O grande dia chega, eles se casam vão para as bodas e namoram muito como sempre namoravam! Isso mesmo, não pense besteiras, só beijo na boca, porque a moça está menstruada e por princípios de berço, sabe?, eles não transaram... Não querem se tornar impuros, pensaram!
Voltaram para casa, Zé foi compreensivo e aguardaria o ciclo menstrual findar-se para então “metê”, ops, ele diria: “relacionar-se sexualmente com sua amada, ou desposa-la de seu leito de pureza!”

O ciclo menstrual termina num belo domingo por volta das 19 horas quando então aparece a solução de todos os problemas da vida de Zé e seu relacionamento, aparece seu grande amigo chegado dos tempos de escola, um cara que Zé acreditava ser o melhor e muito melhor que ele, seu mano, o RICARDÃO! Naquele domingo à noite, com uma linda canção cantada por um cara de voz sussurrada, emotiva e sex com um violão, Zé gritou bem alto, com lágrimas nos olhos e prostrado perante o Sagrado Ricardão: COME E TREPA NA MINHA MULHER PRA MIM!

FIM
(mas continua acontecendo todo domingo pelo menos)

P.S. Foi exatamente assim que me senti quando descobri aos 18 anos que a religião é um RICARDÃO ESPIRITUAL e que nunca precisei dela para me relacionar com meu Deus!

Daniel Babugem no Fadário

P.S.: Bacaninha a alegoria, né?! rs

Um comentário:

  1. e o pior é que que tem um certo pastor famosão no Brasil, chamado Silas Malafaia que prega em seu programa de tv que os país reivindiquem ao Estado o direito de "educar" seus próprios filhos, afastando assim as inocentes crianças da perigosíssima teoria da evolução. claro que ele recomenda que estes comprem livros de sua prórpia editora para ensinar às crianças o que "é certo". e tem bobo caíndo na dele...

    bjs

    ResponderExcluir

Fico muuuuuuuito feliz com a iniciativa de deixar seu comentário. Aqui você pode exercer sua livre expressão e opinião: criticar, discordar, concordar, elogiar, sugerir... pode até xingar, mas, por favor, se chegar a esse ponto só aceito ofensas contra mim (Thiago Mendanha) e mais ninguém, ok? rs